Tem um blog que eu amo.... o Leveamente... aqui compartilho com vocês um texto fantástico de que como o relaxamento pode nos ajudar a vencer os dias mais tensos...



Já era tarde, estava quase na hora de terminar o plantão, fui arrumar a maleta, mas recebi um chamado urgente para o pronto socorro.
Era uma pessoa de mais de oitenta quilos que mexia se com muita dificuldade, diz o dito popular, acabara de ficar travado. Com a ajuda dos amigos, deitou se na maca e ofegante pela dor dizia:
– Só faltava essa, depois do dia que tive, fui entrar no carro e me escangalhou tudo!!!
Enquanto o examinava, entre gemidos e gritos de dor ele desabafou:
– Sabe doutor, a situação está muito difícil, essa semana a empresa passou por uma auditoria, eu sou o responsável pela papelada- Aí, aí, Ai´ no pescoço que é o pior lugar da dor- prendeu a respiração, soltou mais um grito e continuou- Bem como ia contando, lá na empresa a pressão tá tanta que estou com a sensação que estou carregando o mundo com os braços!
Observando sua postura, podíamos ver perfeitamente que nosso paciente parecia carregar uma bola muito grande e pesada em seus braços. Por conta da tensão, estava com contraturas musculares e o corpo curvado para frente.
O que está acontecendo com o Sr.X, nosso paciente, é um fenômeno fisiológico que passou de seus limites, o nome disso é Estresse, em português ou Stress, mais usado, em inglês. Essa reação acontece quando ultrapassamos nossos limites físicos e mentais (emocionais e cognitivos)
Nós seres humanos, somos um sistema fechado corpo/mente, o que acontece em um, é refletido e sentido pelo outro. Observe uma pessoa, você perceberá se ela está amigável ou pronta para xingar, a postura, a fala, o olhar tudo vai ser diferente, de acordo com o estado emocional.
Lembre se que já tratamos da rapidez das emoções, da sua função protetora, dos nossos instintos, pois bem, essa reação corpo e mente é desencadeada para gerar energia para nôs defendermos e chegarmos em lugar seguro.
Porém, quando essa reação é constante e exagerada, vai desencadear outras reações físico-químicas, o ESTRESSE, que nos tirarão de cena para não entrarmos em colapso.
Sr.X, por exemplo, estava vivendo uma situação de muita pressão, seu corpo gerou energia para que ele suportasse ou fugisse, mas, se ele fugisse perderia o emprego. A pressão foi aumentando, quando essa energia não pôde fluir, ela foi descarregada no sistema muscular e esse vai contraiu, ficou tenso, principalmente na região cervical(pescoço) e quadril, afetando assim a coluna vertebral. Nessa contração constante, pelo acúmulo de ac lático, o musculo começa a doer e se nada for feito vai entrar em espasmo, tencionando a coluna, para evitar deslocar as vértebras, outros músculos serão exigidos e assim o indivíduo acaba perdendo os movimentos e “travando” com dores insuportáveis. Em outras palavras tirou Sr. X da cena.
Mas nem tudo está perdido, o que queremos contar para você é como se prevenir e evitar chegar a situação do Sr.X.
Em primeiro lugar você começa a se observar, porque essas dores “alertas” começam de maneira leve, se você toma consciência disso, pode agir preventivamente aliviando a tensão.
Existe a tensão emocional, no nosso paciente a pressão dos auditores foi grande, ele podia ter se blindado dessa presença com algumas ferramentas como respiração, analisar as conversas, notar o que lhe deixava ansioso, etc.
Para aliviar as tensões musculares, podemos fazer alongamentos especiais destensionadores, respirações, um relaxamento muscular progressivo, ou um relaxamento, hoje muito falado em “meditação guiada”. Sr X se assim tivesse agido, teria evitado esse estado de dor e com certeza teria lidado melhor com os auditores evitando sofrimento desnecessário.
Quando aprendemos a reconhecer tensões, emocionais ou físicas, e aprendemos a interferir positivamente, passamos a ter melhores resultados práticos (trabalho, estudo, relacionamentos etc.) encontrando mais prazer em viver, lembre se um dos instintos básicos é a SATISFAÇÃO.
Esse, a melhora de vida, a saúde emocional, é o fio condutor do nosso projetoLEVEAMENTE – http://leveamente.com.br/no nosso curso “Controle de Ansiedade” desenvolvemos exercícios para exatamente te ajudar a reconhecer e resolver tensões, exercícios emocionais, físicos, relaxamentos musculares, alongamentos específicos e “Meditações Guiadas” para seu maior conforto.
Chamamos atenção aqui para as nossas crianças, no mundo de hoje, elas também estão expostas as situações tensiogênicas e aquilo que aprendemos podemos ensinar a elas. Crianças aprendem com muita facilidade e podem estar protegidas dessas agressões por toda a vida.
Continue nos acompanhando, você estará mais preparado para lidar com as agressões do dia a dia, nosso Cérebro sempre procura o que é melhor e conhecendo essas ferramentas (ferramentas da PNL, YOGA, NEUROCIENCIA, etc.) que estão nos nossos cursos, vai potencializando o efeito dos exercícios e você vai viver melhor.
Junte se a nós e ganhe qualidade de vida.

         Dra. Valéria Ricci e Dr. Jorge Splettstoser 

Comentários
0 Comentários

Deixe um comentário